Home / Vídeos / Com três gols de Bruno Xavier, Anchieta bate Vitória e é tri do Estadual de Beach Soccer

Com três gols de Bruno Xavier, Anchieta bate Vitória e é tri do Estadual de Beach Soccer

 

 

 

 

Vitória (ES) – A seleção de Anchieta conquistou o título de tricampeã do Campeonato Estadual de Beach Soccer do Espírito Santo ao derrotar Vitória, na manhã deste domingo (01), por 6 a 5, no Centro Municipal de Beach Soccer, na Praça dos Namorados, na Praia do Canto, nesta cidade, na grande final da 17ª edição da competição.

O grande destaque da final foi Bruno Xavier, de Anchieta, eleito Melhor do Mundo FIFA em 2013 e 2014, autor de três gols.

BX, como é conhecido, foi escolhido o Melhor Jogador da competição, assim como aconteceu em 2006, quando atuou por Cariacica. O Melhor Goleiro foi Gean, de Anchieta. E o artilheiro Leandro, de Viana, com oito gols.

Viana derrotou Serra por 2 a 1 e ficou com a terceira colocação. Marcaram para Viana, Leandro e Diego. Para Serra, fez o gol Nicolas.

O jogo

Anchieta, que foi campeã em 2013 e 2014, entrou arrasadora em quadra e abriu logo 2 a 0 com gols de Bruno Xavier e Juninho Bebê, de bicicleta. Léo descontou para Vitória, mas Maguinho ampliou para 3 a 1 para a seleção do Sul do Estado, placar da primeira etapa.

Vitória voltou mais consistente para a segunda etapa e marcou com Magno, mas Anchieta forçou o ritmo e ampliou para 5 a 2 com gols de Bruno Xavier, tocando por cobertura; e Ramon, cobrando falta.

O goleiro Sonaldo, de Vitória, que havia marcado na semifinal contra Viana, voltou a estufar as redes, fazendo a partida voltar a ficar emocionante. Final da segunda etapa: 5 a 3 para Anchieta.

No terceiro período, Léo, de falta, fez Vitória “encostar” novamente no placar. Bruno Xavier, também de falta, contudo, fez o sexto gol de Anchieta. Erick Lyrio marcou para Vitória e a partida ganhou, outra vez, em emoção.

O minuto final foi de tirar o fôlego dos torcedores. Vitória atacando e Anchieta se defendendo com muita competência. No apito final, Anchieta conquistou o seu terceiro título, todos eles tendo Bruno Xavier, atleta campeão mundial nesta temporada pela Seleção Brasileira, como grande “maestro”.

A torcida, que veio em grande número de Anchieta, invadiu a quadra com gritos de “O Campeão Voltou”.

“Como disse no meio da semana: Decisão não se joga bem. Se vence. Foi um título da superação, da garra e da determinação. Vitória atuou também muito bem, foi adversário leal, que, da mesma forma, poderia ter ganhado o campeonato. O beach soccer do Espírito Santo está de parabéns, pois, se mostrou forte, apesar da grave crise que vivemos. Espero que o título sirva de exemplo para os governantes. Os problemas devem ser superados com dedicação, abnegação, honestidade e pensamento coletivo. Fico feliz pelo apoio que tenho da minha família linda, dos meus amigos, enfim, de todos os torcedores que estiveram aqui para prestigiar este esporte que me projetou para o mundo”, disse emocionado Bruno Xavier.

Todos os campeões

Serra (2000), Marechal (2001), Vitória (2002), Vitória (2003), Vitória (2004); Cariacica (2005), Marechal (2006), Vitória (2007), Vitória (2008), Pedro Canário (2009), Vitória (2010), Vila Velha (2011), Cariacica (2012), Anchieta (2013), Anchieta (2014), Pedro Canário (2015). 2016 – Não foi realizado.  Anchieta (2017).

Melhores jogadores dos Estaduais

2000 – Buru; 2001 – Raphael Cardoso; 2002 – Buru; 2003 – Erich Bomfim; 2004 – Patrick; 2005 – Duda; 2006 – Bruno Xavier; 2007 – Buru; 2008 – Bruno Malias; 2009 – Robinho; 2010 – Rafinha; 2011 – Lekão; 2012- João Vitor, 2013 – Buru; 2014 – André Bigode; 2015 – Reyder. Em 2016 – Não foi realizado; 2017 – Bruno Xavier.

Vila Nova conquista Quadrangular de Beach Soccer Estadual Feminino

 

Antes da grande final do 17º Campeonato Estadual de Beach Soccer entre Anchieta e Vitória, São Pedro e Vila Nova decidiram o Quadrangular de Beach Soccer Estadual Feminino, também  no  Centro Municipal de Beach Soccer, na Praça dos Namorados, na Praia do Canto.

 

E mostrando eficiência em todos os aspectos, a equipe de Vila Nova venceu por 5 a 3,  com gols de Tuanny, Juliana, Thaís (2) e Kamila, descontando para São Pedro: Janaína e Andréia (2).

 

Na definição do terceiro lugar PSNE venceu Vilavelhense por 3 a 0 com gols de Flávia (2) e Jéssica.

 

A artilheira da competição foi Thaís (Vila Nova) com quatro gols. A Melhor Goleira: Adelayne (Vila Nova) e a Melhor Jogadora: Andréia (São Pedro).

 

“No final faltou um pouquinho de preparação física e quase cedemos o empate. Mas acho que o título foi justo, apresentamos bom padrão de jogo. E fico feliz de ter sido artilheira desta competição tão importante”, disse Thaís, de Vila Nova.

 

O quadrangular Estadual feminino de beach soccer, contou com equipes tradicionais da modalidade. E teve participação de várias atletas, que disputaram o Campeonato Brasileiro, realizado pela Confederação de Beach Soccer do Brasil ( CBSB),  no mês passado no Centro Esportivo Tancredão, no Bairro Mario Cypreste, em Vitória.

 

Retrospecto dos Estaduais

2000 – A primeira edição foi promovida na arena da Praia de Camburi, no ano 2000. Participaram oito seleções e Serra foi a grande campeã ao derrotar Vitória na final por 5 a 1. Mão foi eleito melhor goleiro. Buru foi eleito o melhor jogador e Pablo foi o artilheiro com 21 gols, marca jamais alcançada.

2001 – Em 2001, já no Centro Municipal de Beach Soccer, na Praça dos Namorados, 12 seleções estiveram em ação na segunda edição. Marechal conquistou o título ao derrotar na final Vitória por 2 a 1. Mão foi o melhor goleiro. Raphael, de Marechal, foi o melhor jogador e Leandrinho, de Aracruz, a revelação. A edição contou com a participação das equipes do Vasco da Gama e do Botafogo.

2002 – A edição de 2002 foi decidida na cobrança de penalidades. Vitória venceu por 1 a 0 Aracruz (depois de empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação) e ficou com o título. Buru, foi eleito o melhor jogador. Participaram dez seleções. Mão foi eleito pelo terceiro ano consecutivo, o melhor goleiro.

2003 – Em 2003, nova decisão por pênaltis. Vitória e Cariacica empataram por 3 a 3 no tempo normal e na prorrogação e Vitória levou a melhor nas penalidades: 8 a 7. O melhor jogador foi Erich, de Vitória. E o artilheiro Benjamin, da Seleção do Rio de Janeiro, com dez gols.

2004 – Pelo terceiro ano consecutivo, a decisão do Estadual de 2004 acabou na “loteria dos pênaltis”. Em jogo de alto nível técnico, Vitória venceu Vila Velha por 1 a 0, depois de empate dramático por 2 a 2 no tempo normal e na prorrogação. Surgia Bruno Malias, artilheiro da competição com 13 gols, defendendo Vitória. O melhor goleiro foi Marcelo, de Vila Velha. O melhor jogador foi Patrick, também da equipe da capital. Vitória sagrava-se tricampeã.

2005 – Em 2005, Cariacica sediou pela primeira vez o torneio e a sua seleção fez bonito. Goleou na final Marechal Floriano por 4 a 0 e ficou com o título. Mais de 2.000 pessoas invadiram a arena para comemorar com os seus ídolos. A seleção, muito bem montada, teve eleitos:  Duda (melhor jogador do campeonato); Canal (melhor goleiro) e Juninho Bebê (revelação).

2006 – A seletiva para o Estadual de 2006 teve recorde de participantes: 21 seleções. A edição teve como grande ausente Vitória, eliminada na seletiva. Novamente a decisão foi por meio da cobrança de penalidades: 8 a 7 para Marechal após empate com Vila Velha por 4 a 4. Robinho, de Pedro Canário, foi uma das principais estrelas, sendo eleito a revelação e conquistado o posto de artilheiro com dez gols. Bruno Xavier foi o melhor jogador defendendo Cariacica. Canal, de Marechal, foi o melhor goleiro. Marechal sagrava-se bicampeão.

2007 – A edição de 2007 teve presença de diversos jogadores de outros Estados, quase todos com passagens pela seleção brasileira. Vitória sagrou-se tetracampeã vencendo na final Marechal Floriano por 6 a 2. Jorginho foi o artilheiro com dez gols jogando por Cariacica. Buru foi o melhor jogador atuando por Marechal. O melhor goleiro foi Alessandro, de Pedro Canário. Ciro, também goleiro, foi a revelação.

2008 – Vitória goleou Vila Velha por 5 a 1 e conquistou de forma invicta o título de pentacampeã. Na preliminar, Pedro Canário derrotou Aracruz por 4 a 2 e garantiu a terceira colocação. Bruno Malias, de Vitória, foi o melhor jogador. O artilheiro foi Robinho, de Pedro Canário, com nove gols; João Vitor, de Vitória, foi a revelação. Mão, também de Vitória, foi o melhor goleiro.

2009 – Em 2009 pela primeira vez na história duas seleções do interior chegaram à grande final: Anchieta, que eliminou Vitória na semifinal e Pedro Canário, que eliminou Cariacica. Com dez gols marcados nos últimos três jogos da competição de Robinho foi o grande nome do campeonato, sendo inclusive, além de artilheiro o melhor jogador. Robertinho, de Anchieta, foi o melhor goleiro e Maguinho, de Anchieta, a revelação. A final registrou 6 a 5 para Pedro Canário.

2010 – A edição de 2010 contou com a presença de atletas da seleção de Portugal: Madjer, Alan e Marinho, que atuaram por Presidente Kennedy. As seleções de Anchieta e Cariacica se reforçaram com jogadores de outros Estados, mas quem venceu foi Vitória, que conquistou o hexacampeonato somente com atletas locais. Na final venceu nos pênaltis por 4 a 3 Marilândia, após 2 a 2 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação. Rafinha, de Vitória, foi eleito o melhor jogador, além de ter sido artilheiro da competição com seis gols. Juninho, de Vitória, foi a revelação e Marquinhos, de Marilândia, o melhor goleiro.

2011 – Pela primeira vez uma mulher dirigiu uma equipe em uma das edições do Estadual. Trata-se de Vanuza Ferreira que treinou e dirigiu Guaçuí. Chegaram na final duas equipes que nunca haviam conquistado o título: Anchieta e Vila Velha. Mesmo sem Duda, Bruno Malias e Alexandre Pezão, Vila Velha venceu a final por 6 a 3 e garantiu o título. Lekão, de Vila Velha, foi eleito o melhor jogador. Leandro Santos, goleiro de Anchieta, foi a revelação. Marquinhos, de Vila Velha, o melhor goleiro. Belchior, de Anchieta, foi o artilheiro com sete gols.

2012 – O Campeonato Estadual de 2012 foi realizado em meio à nova realidade do futebol de areia do país: as competições envolvendo clubes de camisa. Cariacica venceu Vila Velha por 2 a 1 e acabou com jejum de títulos que vinha desde 2005. Vitória ficou em terceiro e Pedro Canário em quarto. Diogo Malias, irmão de Bruno Malias, foi o destaque da decisão marcando os dois gols. Melhor goleiro: Marcelo (Vitória), revelação: Erich (Cariacica), artilheiro: Gil (Cariacica) com cinco gols. Melhor jogador: João Vitor (Vitória).

2013 – O Estadual de 2013 contou pela primeira vez com a presença de Montanha. Mais uma vez diversos craques da seleção brasileira de outros Estados estiveram presentes como Fernando DDI, Bueno, Betinho, Anderson (BA) e Fanta, que atuaram por Anchieta; Datinha, Gil e Anderson (BA) que jogaram por Cariacica. Na final Anchieta derrotou Cariacica nos pênaltis por 1 a 0, após 2 a 2 no tempo normal e 1 a 1 na prorrogação. Buru, Cariacica, foi eleito o melhor jogador. Anderson (CE), de Cariacica, foi a revelação, Fanta, de Anchieta, o melhor goleiro; e Camilo Neves, Vitória, artilheiro com 11 gols.

2014 – O Estadual de 2014 teve a presença de 26 atletas com passagens pela seleção brasileira. Os dois únicos brasileiros eleitos pela FIFA os melhores do mundo estiveram em ação na final, frente a frente.  Buru, por Vila Velha, e Bruno Xavier, por Anchieta. Anchieta venceu por 4 a 2, conquistando o título de forma invicta. Fanta (Anchieta) foi eleito o melhor goleiro. Andre Bigode (Anchieta) o melhor jogador. Juninho (Pedro Canário) a revelação. Lucão (Vila Velha) foi o artilheiro com oito gols.

2015 – A seleção de Pedro Canário conquistou o título ao derrotar na final inédita a seleção de Vila Velha por 3 a 1 na cobrança de penalidades, após 2 a 2 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação. Anchieta venceu Marechal na preliminar por 2 a 0 na prorrogação, após 3 a 3 no tempo regulamentar e garantiu o terceiro lugar. O artilheiro da competição foi Mauricinho, de Anchieta, com sete gols. O melhor goleiro: Mão, de Vila Velha. A revelação: Rafael, goleiro de Pedro Canário. E o melhor jogador: Reyder, de Pedro Canário.

2016 – Não foi realizado.

2017 – Após ser disputado desde 2005 em Cariacica, o Campeonato Estadual voltou para o Centro Municipal de Beach Soccer, na Praça dos Namorados, em  Vitória. A seleção de Anchieta sagrou-se tricampeã ao vencer Vitória na final por 6 a 5. Leandro (Viana) foi o artilheiro com oito gols. Gean, de Anchieta, o Melhor Goleiro. E Bruno Xavier, de Anchieta, o Melhor Jogador.

O 17º Campeonato Estadual de Beach Soccer teve patrocínio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do ES  e apoio da Prefeitura de Vitória.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da  Redação

Pauta Livre

Assessoria de Imprensa

(27) 9-9935-5934

Peter Falcão

Veja Também

Confira os gols da partida entre Bahia e Corinthians

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *