Home / Policial / Preso em Porto Alegre suspeito de estupro e sequestro da garota Thayná

Preso em Porto Alegre suspeito de estupro e sequestro da garota Thayná

Divulgação / Polícia Civil do Espírito Santo

 

 

 

 

Uma abordagem de policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) no centro de Porto Alegre, na madrugada desta segunda-feira (13), terminou com uma caçada das forças de segurança do Espírito Santo atrás de Ademir Lúcio Ferreira de Araújo, 55 anos. Ele é suspeito de sequestrar e estuprar na cidade de Viana, a 20 quilômetros de Vitória, Thayná Andressa de Jesus, 12 anos, que segue desaparecida.

A menina sumiu em 17 de outubro, enquanto caminhava. Imagens de câmeras de segurança flagraram ela entrando em um carro dirigido por um homem. A Polícia Civil identificou o suspeito por meio das placas do veículo.

O caso gerou comoção no Estado, inclusive com um encontro do secretário de segurança pública capixaba com a mãe da vítima, garantindo o reforço nas investigações.   

A prisão temporária do suspeito, que estava foragido desde 1º de novembro, foi feita de maneira integrada entre as polícias dos dois Estados. Investigadores do Espírito Santo estavam no Rio Grande do Sul desde a última semana e já haviam informado os policiais militares do centro de Porto Alegre que ele estava na região. Nesta madrugada, enquanto caminhava na  Rua Comendador Manoel Pereira, ele foi pego.

Depois de preso, Araújo foi levado para o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), junto dos policiais capixabas. Ainda não há informações sobre quando ele será levado para o Espírito Santo.

Sobre o paradeiro da menina, os investigadores capixabas irão comparar o material genético de familiares de Thayná com uma ossada encontrada em um matagal na cidade de Viana.

 

 

 

 

 

 

Da Redação

Fonte/zerohora

 

 

 

 

 

Veja Também

Ademir Lúcio Ferreira, responsável pelo sequestro de Tayná já está preso em Vitória

Ademir Lúcio Ferreira, de 55 anos, preso por sequestrar a menina Thayná Andressa de Jesus, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *