Home / Esportes / Vasco cede empate nos acréscimos e perde de não entrar no G-7 do Brasileirão

Vasco cede empate nos acréscimos e perde de não entrar no G-7 do Brasileirão

Em jogo que marcou a apagada volta do artilheiro Luis Fabiano o Vasco vacilou e cedeu empate ao Vitória no finalzinho. Breno abriu o placar para o time cruzmaltino e André Lima deixou tudo igual, neste domingo, no Maracanã, pelo Brasileirão. O Vasco deixou de ultrapassar o Flamengo e segue em oitavo lugar na competição.

 

A saída de Anderson Martins, com lesão na coxa direita, aos 2 minutos, abalou o Vasco, que, com Paulão, viu o Vitória ditar o ritmo. Bem postada, a equipe baiana tocava a bola, mas pecava nas finalizações. Pecado que o Vasco não cometeu na primeira vez que foi à frente. Aos 9, após cobrança de falta de Nenê, Breno, de cabeça, superou Keno e abriu o placar.

O gol tranquilizou o Vasco. Mateus Vital, aos 16, obrigou Fernando Miguel a boa defesa. Já o Vitória, mesmo acuado, cadenciou o jogo, mas sem abrir mão de ir ao ataque. O Vasco aceitou a proposta rubro-negra e quase se complicou. Aos 31, 36 e 41, Martín Silva fez boas defesas em chutes de Patric, Tréllez e Juninho, evitando o empate.

Apagado, Luís Fabiano só foi notado ao levar cartão amarelo após discutir com Kanu e ficar suspenso do jogo contra o Santos. Ele nem voltou para o segundo tempo. Assustada, a torcida festejou o fim da primeira etapa, num misto de irritação e alívio.

O Vasco voltou do vestiário com Andrés Ríos no comando de ataque, mas quem buscou o gol foi o Vitória. Patric, aos 19, chutou rente à trave. A discreta postura ofensiva da equipe cruzmaltina aumentou a impaciência da torcida, que pediu a entrada de Paulinho, promessa das divisões de base e destaque no Mundial sub-17 pela Seleção. Zé Ricardo atendeu ao apelo vindo da arquibancada e o Vasco, enfim, foi à frente. Andrés Ríos, aos 35, mandou a bola na trave.

Aos 43, André Lima perdeu gol incrível, mas aos 46 não teve jeito. O próprio André Lima recebeu livre na área e deixou tudo igual no Maracanã. No final, a equipe carioca deixou o gramado vaiada.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte/odia

Veja Também

Corinthians vence o Fluminense de virada e conquista o Brasileiro

  O que já era esperado finalmente se confirmou nesta quarta-feira (15). De virada, o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *