Home / Destaques / Ministério DA Saúde anuncia R$ 19,2 milhões para ampliar assistência às crianças no Espírito Santo

Ministério DA Saúde anuncia R$ 19,2 milhões para ampliar assistência às crianças no Espírito Santo

Inauguração do centro cirúrgico na UCIP. Vitória/ES

 

 

 

 

O Ministério da Saúde está destinando R$ 19,2 milhões para ampliar os serviços e o atendimento às crianças do estado do Espírito Santo. Do total de recursos, R$ 9,7 milhões serão liberados para a construção do Hospital Materno Infantil, no município da Serra; e R$ 9,5 milhões para obras de ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória. Os anúncios dos recursos foram feitos nesta segunda-feira (16) pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante visita ao Estado.

O ministro também esteve em outras unidades de saúde na capital e nos municípios de Viana e Serra, além de se reunir com o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e com gestores, entidades e médicos.

No município de Serra, o ministro Ricardo Barros visitou as obras do Hospital Materno Infantil e anunciou novo repasse federal de R$ 9,7 milhões. “Esse é um investimento necessário. Os recursos já estão disponíveis na Caixa Econômica Federal para pagar cada medição da obra. Dessa forma, vamos colocar esse serviço importante à disposição da população”, disse o ministro. A unidade, que já recebeu da pasta R$ 25 milhões, quando pronto, ampliará o atendimento para gestantes e bebês da região.

Na ocasião, o ministro Ricardo Barros também reforçou sobre a economia que o governo vem fazendo para dar mais assistência à população. “Nós economizamos mais de R$ 4 bilhões, que estão sendo reaplicados nos serviços de saúde. Não estamos com mais recursos. É fazer mais com o mesmo. Essa é a nossa tarefa”, disse.

Em 18 meses, o governo já repassou para o estado do Espírito Santo, R$ 198,7 milhões, sendo R$ 7,9 para habilitação de serviços de média e alta complexidade; R$ 130,8 milhões via emendas parlamentares; e R$ 9,9 milhões para equipes da Atenção Básica. A esses valores, soma-se R$ 1,2 milhão para habilitação do SAMU.

Dando continuidade à agenda no estado, o ministro da Saúde visitou o Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, localizado na capital Vitória, onde anunciou mais R$ 9,5 milhões para obras em sua UTI. A unidade atende diferentes áreas, como oncologia, otorrinolaringologia, cardiologia, neurocirurgia, pneumologia, além de pediatrias clínica e cirúrgica. Entre 2015 e 2017, foram realizadas 18.247 internações, ao custo de R$ 21,6 milhões, e 569.302 atendimento ambulatoriais no valor de R$ 10,7 milhões.

Ainda em Vitória, o ministro esteve no Hospital Universitário Cassiano Antônio de Morais, que faz parte do programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários (REHUF). A unidade inaugurou um novo centro cirúrgico, que prevê a realização média de 1,1 mil cirurgias por mês. As obras foram realizadas com recursos do Ministério da Educação e de emendas parlamentares. A instituição já recebeu, na gestão do ministro Ricardo Barros, R$ 7,59 milhões pelo REHUF, para custeio de leitos de UTI e serviços de alta complexidade.

UPA 24h – No município Viana, o ministro visitou as obras da Unidade de Pronto Atendimento. Para essa unidade, o Ministério da Saúde já repassou R$ 2,7 milhões para custeio da construção. Além disso, quando estiver em funcionamento, o local receberá mais R$ 310 mil da pasta. No geral, a estrutura contará com salas climatizadas e multifuncionais, consultórios ginecológicos, odontológicos, sala de gesso, laboratório de radiologia, salas de vacinação, coleta de sangue. Também estão previstas salas de reuniões e de educação, entre outros espaços que foram planejados para levar a melhor estrutura possível para o cidadão de Viana.

Ainda em agenda em Viana, Ricardo Barros participou da assinatura da ordem de serviço que autoriza a construção da Policlínica de Viana. A Policlínica terá um investimento de mais de R$ 2 milhões, com repasse da senadora Rose de Freitas e contrapartida da prefeitura. O local terá 1.253 m² de área construída.

Mais médicos – Neste mês, 36 profissionais brasileiros formados no exterior, pelo programa Mais Médicos, começarão a atuar na atenção básica de 17 municípios do Espírito Santo. Os médicos fazem parte dos cerca de 1.400 brasileiros que aderiram ao último edital do projeto. Com esse reforço, somando também aqueles com diplomas do país, já são 8.316 brasileiros no programa, o que representa 45,6% do total. No estado do Espírito Santo, 458 médicos já atuam pelo programa do Ministério da Saúde.

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Carolina Valadares e Fernanda de Lima, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3434

Veja Também

Mais de uma tonelada de drogas é incinerada em Linhares

  O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) e a Polícia Civil do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *